HomeProjetosProjetos Internos

Projetos Internos

(somente para alunos da ECD)
# Dança Sem Fronteiras
Concebido a princípio para ser um projeto de acesso à história da dança, aos poucos o objetivo do projeto foi se modificando e possibilitando construir com os alunos um entendimento do seu corpo e da dança, estimulando-os a pesquisar, estudar, experimentar e refletir sobre a evolução do corpo humano em suas relações com a dança como forma de expressão.

Neste projeto que acontece durante o mês de abril (Mês da Dança) são desenvolvidas atividades a partir de uma metodologia na qual, o professor pode escolher no universo do tema que ira abordar, as palavras chaves que comporão o seu trabalho, um detonador para que os alunos iniciem o processo de aprendizagem, uma seqüência de atividades que deverá incluir uma visita a museus, ou a algum ambiente da cidade, uma visita de um convidado para falar sobre o tema em questão, sessões de vídeo de dança e arte, além de oficinas de criação coreográfica.

O resultado destes processos criativos, poderá ser a elaboração de uma coreografia, ou de um vídeo dança ou de um livro, de uma poesia, de um figurino, etc. A turma em comum acordo com o professor, definirá o que irá resultar de suas experiências.

O projeto Dança Sem Fronteiras  vem contribuindo com a sua metodologia aberta para um processo de transformação do corpo dos alunos, buscando desenvolver suas habilidades para ligar, transformar e dar sentido aos saberes adquiridos e se relacionar com o tempo e com o ambiente cultural do aluno.Por outro lado a permeabilidade do projeto e as suas diversas explorações, permitem que os professores desenvolvam propostas metodológicas diversas, construindo ao longo do ano um diálogo sobre arte e dança com o aluno. A atualização dos conhecimentos do professor através do contato com as diversas expressões artísticas fica também garantida, fazendo com que a sua constante pesquisa alimente de forma positiva a sua prática pedagógica.
# Experiência Natural
A Escola Contemporânea de dança tem como um dos seus princípios o ensino da dança com base na técnica e filosofia pedagógica proposta por Isadora Duncan, uma das criadoras da dança moderna. Estes princípios permeiam todo o ensinamento da escola e a Experiência Natural de maneira particular, proporciona aos alunos a vivência da natureza através da dança. Nesta atividade, os alunos são convidados a viver desafios com o corpo como subir em árvores, enfrentar o mar, fazer saltos acrobáticos na piscina além de experimentar as sensações dos elementos da natureza e observar os movimentos desta. É também uma atividade onde os princípios da técnica de Isadora Duncan são aprimorados, através de exercícios específicos que colaboram para um entendimento do corpo de maneira global.

A necessidade de experimentar o corpo em diferentes perspectivas de espaço, tempo ou orientação gravitacional permitirá que novas formas de treinamento substituam ou se integrem a experiências prévias ”(Geraldi,2004). Após a vivência os alunos de fato ampliam a sua compreensão de dança e desenvolvem novas experiências com o corpo. Geralmente esta atividade é realizado no começo do ano, pois trabalha de forma muito eficiente na socialização dos alunos e ao mesmo tempo na descoberta de suas individualidades.
 
# Invente e experimente  
Esta atividade visa estimular a criação coreográfica. Aberta a alunos a partir de 7 anos que queiram criar trabalhos próprios, a serem mostrados ao público. Esta atividade, não tem caráter competitivo.Na realização deste trabalho o aluno é estimulado a exercer uma compreensão global do que envolve uma montagem ele se torna responsável pela concepção, criação, ensaios e definições de figurinos, música e tudo o que for necessário a sua montagem.

O Invente experimente é portanto, um projeto que auxiliará a prática da improvisação e trabalhará favorecendo a articulação dos temas de estudo do aluno, transformando-os em coreografia .
 
# Espetáculo De Encerramento Anual  
Após todas as etapas vivenciadas pelos alunos durante o ano de estudo,  o espetáculo de encerramento é o resultado de um processo de aprendizagem. Este espetáculo está intimamente ligado a todas as pesquisas e experiências realizadas durante o ano, de maneira que alunos e professores podem juntos criar uma coreografia que de fato tenha um significado para aquele grupo.
De tudo que foi criado ao longo do ano e registrado, vão sendo retirados momentos, histórias, trechos de movimento, que estejam conectados com o tema do espetáculo.

Assim, o espetáculo acontece com a participação intensa dos alunos tanto na criação e pesquisa coreográfica quanto na composição de um roteiro que em geral falam sobre temas contemporâneos .